Viagem à Índia:

Roteiro Detalhado, dia a dia


Veja quantas experiências inesquecíveis nos aguardam:

 

26 de dezembro, segunda-feira: GUARULHOS / FRANKFURT

Embarcaremos no aeroporto de Guarulhos com destino a Frankfurt. Pernoite a bordo.

 

27 de dezembro, terça-feira: FRANKFURT

Chegada a Frankfurt pela manhã e traslado para o hotel. Restante do dia livre para passeios nessa bela cidade alemã.

 

28 de dezembro, quarta-feira: FRANKFURT / DELHI

Embarque rumo a Delhi. Chegada na capital indiana no começo da madrugada do dia 29 e translado ao hotel.

 

29 de dezembro, quinta-feira: DELHI

Depois do café da manhã, sairemos para conhecer a capital do país. Nosso tour começará pela Antiga Delhi, onde está situado Forte Vermelho e a maior mesquita da Índia, chamada Jama Masjid, ambos construídos pelo imperador Shah Jahan, o mesmo que concebeu o Taj Mahal. Também prestaremos nossa homenagem a Mahatma Gandhi no Raj Ghat, local de sua cremação, onde rede uma chama eterna.

À tarde, será a vez de conhecer a Nova Delhi, a parte mais nova o organizada da cidade. Passaremos pela região onde estão localizados o India Gate (memorial aos soldados indianos que morreram na 1ª Guerra Mundial), a residência do Presidente, o Parlamento e os edifícios das secretarias de governo e pararemos para visitar Qutub Minar, um complexo de ruínas que data do século XII, a tumba de Humayun, que tem estrutura arquitectónica similar ao Taj Mahal.

A Índia não é apenas colorida, ela também é cheia de sons. En lugares inesperados nos deparamos com os sons que nos falam que nossa maneira de ver e viver a vida é apenas uma das formas possíveis. Há outros caminhos, outros cantos, outros sons...

 

30 de dezembro, sexta-feira: DELHI / UDAIPUR

Em horário a combinar, seguiremos para o aeroporto local para embarque com destino a Udaipur, na região do Rajasthan.

À tarde, faremos um agradável passeio de barco pelo Lago Pichola.

 

31 de dezembro, sábado: UDAIPUR

Um das grandes atrações de Udaipur é o City Palace, construído em 1725. Ele é o maior complexo de palácios do Rajastão e uma das belezas arquitetônicas da região. Dentre as várias belezas desse complexo, visitaremos o Dilkhush Mahal e o Sheesh Mahal, cravejados de espelhos belgas, além do Moti Mahal e do Palácio de Lord Krishna, todos ricamente ornamentados. Também apreciaremos os jardins e fontes de Sahelion Ki Bari e templo Jagdish, que, construído em 1651, é dedicado ao deus Vishnu, o mantenedor do universo.

De Udaipur, sairemos para um passeio pelas cidades vizinhas de Eklingji e Nagda, onde entraremos em contato com a religiosidade e mitologia indiana, exóticas e profundas.

O templo Eklingji, dedicado ao deus Shiva, o transformador do universo, é um dos mais famosos de todo o Rajastão.

Já em Nagda, uma pequena cidade que fica à beira do lago Bagela, conheceremos o templo Sas-Bahu, palavra reduzida de SahastraBahu, que significa “Aquele com mil braços”, uma das formas do deus Vishnu.

No final do dia, voltaremos ao hotel para descansar antes de celebrarmos a noite de Réveillon com um jantar especial.

Ao caminhar pelos corredores medievais dos magníficos palácios do norte da Índia podemos ouvir o sussurro de tempos distantes. Eles nos contam histórias de poder e domínio, de beleza e riqueza, de amores e de paixões arrebatadoras.

 

1 de janeiro, domingo: UDAIPUR / RANAKPUR / JODHPUR

Logo cedo, partiremos com destino a Jodhpur, a Cidade Azul, parando no caminho em Ranakpur para conhecer os maravilhosos templos jainistas. O jainismo é uma das religiões praticadas na Índia que tem o princípio da não violência na sua base. O conjunto de 3 templos de Ranakpur, todos feitos em mármore branco, é um dos cinco principais pontos de peregrinação jainista de toda a Índia. As esculturas de cada templo, com seus 108 pilares,  encantam pela maravilha dos seus diminutos detalhes.

No local, o professor Andrês ministrará uma breve aula sobre o Jainismo, que será complementada pelas indicações do guia local. Poderemos também realizar uma meditação junto com um dos monges do templo.

À noite, após o check in, visitaremos mercado da Torre do Relógio, famoso pelos seus tapetes de algodão, onde poderemos apreciar a culinária local.

 

2 de janeiro, segunda-feira: JODHPUR

Pela manhã, visitaremos o forte Mehrangarh, que ocupa uma área de 5 km2, e é uma das construções mais impressionantes de todo o Rajastão.

Visitaremos também o Jaswant Thada, um monumento em mármore branco construído em memória ao marajá Jaswant Singh, e o palácio Umaid Bhawan, um belo exemplo de art déco, que desde 1943 tem servido como a principal residência da família real de Jodhpur.

No período da tarde, visitaremos uma aldeia Bishnoi, que se estabeleceu na região no século XV, e que segue um belíssimo princípio de preservação e harmonia da vida animal e vegetal.

Nesse dia teremos uma breve meditação e uma sessão de perguntas e repostas com o professor Andrês.

 

3 de janeiro: terça-feira JODHPUR / JAIPUR

Depois do café da manhã, seguiremos em direção a Jaipur, parando no caminho para conhecer Pushkar, que abriga o único templo do mundo dedicado ao deus Brahma, o criador do universo. Essa cidade tornou-se um local de peregrinação hindu essencialmente por causa do lago Pushkar. Diz a lenda que, quando uma flor de lótus caiu da mão do deus Brahma, um lago surgiu naquele lugar.

No local, o professor Andrês ministrará uma aula sobre os deuses indianos.

Chegamos a Jaipur no final da tarde. Após fazermos o check-in no hotel, seguiremos para o belo templo Birla, feito em mármore branco, onde participaremos do Aarti (cerimônia tradicional hindu).

Semeada de magníficos palácios, a região do Maharastra é plena de poesia e mistério. Os lagos e o deserto, a opulência dos Maharajas e a delicada beleza dos templos centenários emolduram histórias de amor, de conquista e de profunda fé.

4 de janeiro, quarta-feira: JAIPUR

Dia de levantar cedinho para visitarmos a capital do estado do Rajastão, conhecida por Cidade Rosa. O Forte Amber, o Palácio dos Ventos e o Jantar Mahal também são imperdíveis.

Começaremos pelo forte Amber, um palácio clássico e romântico do Rajastão, onde elefantes nos conduzirão até a entrada principal. Situado no topo de uma colina, suas enormes muralhas, muito desgastadas pelo tempo, abrigam um verdadeiro paraíso no seu interior. Miniaturas pintadas nas paredes mostram cenas de caça e guerra, além de festivais. Pedras semi-preciosas e espelhos são incrustrados em várias paredes e dão um efeito todo especial. No interior da fortaleza, visitaremos o Jag Mandir ou Hall da Vitória, onde está o famoso Sheesh Mahal – o salão dos espelhos.

No caminho do hotel até o forte Amber, pararemos para contemplar e fotografar o Hawa Mahal, conhecido como Palácio dos Ventos.

Depois do almoço, visitaremos o palácio da Cidade do Maharaja, a antiga residência real, hoje convertida em museu. Apenas uma pequena porção ainda é usada pela família real de Jaipur.

Ao lado desse palácio está o Jantar Mantar, o maior observatório de pedra e mármore no mundo, que possui 17 grandes instrumentos capazes de fazer medições estelares capazes de deixar atónitos a todos os passageiros.

 

5 janeiro, quinta-feira: JAIPUR / AGRA

De manhãzinha, deixaremos Jaipur com destino a Agra onde visitaremos o cartão postal mais famoso da Índia: o Taj Mahal. Considerada uma das 7 maravilhas do mundo, o Taj Mahal é uma extraordinária obra de engenharia e arquitetura. Sua simetria perfeita, seu mármore de incrível qualidade e as artísticas incrustações de pedras semipreciosas lhe deram o merecido título de uma das 7 maravilhas do mundo. Desde sua construção, sua beleza atrai visitantes do mundo todo. O monumento foi construído pelo emperador mogol Shah Jahan, em 1630, para sua rainha Mumtaz Mahal, para entronar seus restos mortais. Por isso, é chamado de “poema de amor em mármore”.

Construído pela paixão de um rei e o trabalho de milhares de artistas com materiais trazidos de várias partes do mundo, o Taj Mahal impressiona e encanta com sua simetria perfeita e sua beleza deslumbrante.

 

6 de janeiro, sexta-feira: AGRA

Depois de uma boa noite de sono, visitaremos a “cidade fantasma” Fatehpur Sikri, construída pelo imperador mongol Akbar, em 1569, em homenagem ao Sheikh Salim Chisti, que abençoou Akbar e profetizou o nascimento de seus três filhos. A cidade foi abandonada após 15 anos devido à escassez de água. Toda feita em arenito vermelho, até hoje, os diferentes prédios permanecem em excelentes condições de conservação.

Nesse dia, ainda visitaremos o Red Fort, uma belíssima e gigantesca fortaleza construída em arenito vermelho, que fica nas margens do rio Yamuna, onde o imperador Shah Jahan viveu os últimos dias de sua vida.

 

7 de janeiro, sábado: AGRA / VARANASI

Depois de tirarmos dezenas de fotos nas maravilhas de Agra, voaremos para a cidade mais sagrada da Índia: Varanasi, também conhecida como cidade da Luz, situada à beira do igualmente sagrado rio Ganges.  

No final da tarde, seguiremos para o centro da cidade usando um rickshaw. Nosso destino final será o ghat (escadaria) principal do rio Ganges, onde testemunharemos a milenar cerimônia de adoração, o sagrado Aarti (cerimônia do fogo).

 

8 de janeiro, domingo: VARANASI

Pela manhã bem cedinho, antes do sol nascer, seguiremos novamente até o ghat principal, onde tomaremos um barco para passear pelas águas sagradas do rio Ganges e observar a vida religiosa que acontece diariamente às suas margens. O nascer do sol no Ganges é uma experiência singular e inesquecível, que toca nossa alma. 

Posteriormente, seguiremos até Sarnath, uma cidade localizada a 10 km de Varanasi. Sagrada para os budistas, foi nela que Buda fez seu primeiro sermão aos discípulos, expondo os princípios do Budismo.

Ali, visitaremos o templo Mahabodhi Buddha, as ruínas do monastério e a Dhameka Stupa. Também visitaremos o Museu Arqueológico, cuja atração principal é o Pilar do Imperador Ashoka, adotado como símbolo da independência da India.

 

9 de janeiro, segunda-feira: VARANASI / RISHIKESH

Depois do café da manhã, seguiremos para o aeroporto local, onde tomaremos um voo até Dehradun, parando em Delhi para conexão. De lá, seguiremos de ônibus até Rishikesh, conhecida como “portal dos Himalaias”, por ser o ponto de partida para várias áreas de peregrinação da região.

Já instalados no hotel, o professor Andrês conduzirá uma breve meditação e mais uma sessão de perguntas e respostas.

 

10 e 11 de janeiro, terça e quarta-feira: RISHIKESH

Rishikesh é uma cidade sagrada que fica na entrada dos Himalaias, em uma região localmente conhecida como Shivalik. Por estar localizada às margens do rio Ganges, muitas oferendas dedicadas aos vários deuses do panteão hindu acontecem diariamente logo cedinho, antes do sol nascer, e ao cair da tarde.

Por estar à beira do rio mais sagrado da Índia, algumas prainhas especialmente interessantes estão disponíveis para simplesmente sentar e contemplar! 

Uma região tranquila e deliciosa, com o Ganges fluindo cristalino num ambiente de montanhas, ela é conhecida como a cidade dos sábios, com uma grande concentração de ashrams (mosteiros) e centros espiritualistas. Todos os restaurantes são vegetarianos e o sagrado caminha lado a lado com cada peregrino.

Você pode optar por um ritmo mais contempletivo ou se engajar am alguma das muitas coisas que há para fazer. Veja uma lista com algumas das possibilidades:

  • Fazer rafting no Ganges
  • Compras (especiarias, roupas, incensos, mandalas, estátuas, jóias, etc.)
  • Vista a templos 
  • Visita a ashrams
  • Meditar na beira do ganges 
  • Participar de cerimônias ao amanhecer e entardercer
  • Fazer consulta com médico ayurvédico
  • Desfrutar de uma massagem ayurvedica
  • Fazer aula de yoga com professores locais
  • Fazer caminhada na beira do ganges
  • Visitar a caverna onde o sabio Vashista realizou suas práticas espirituais
  • Visitar a cerimônia vespertina na cidade vizinha de Haridwar
  • Comer um bolo alemão contemplando o Ganges

As possibilidades são muitas e variadas. Assim, logo na manha do primeiro dia, nos reuniremos para apresentar as opções e assessorar cada um de acordo com seus interesses. 

 

12 de janeiro, quinta-feira: RISHIKESH / DELHI

Nesse dia, finalmente faremos nossa viagem de trem na Índia - uma experiência que não pode deixar de ser vivida.

No comecinho da manhã, seguiremos para a cidade de Haridwar onde embarcaremos no Shatabdi Express (sim! na Índia os trens tem nome!) com destino a Delhi. Cabe destacar que iremos num vagão com ar condicionado e assentos numerados.

Chegaremos na hora do almoço e, depois de fazer check in no hotel teremos a tarde para atividades independentes.

 

13 de janeiro, sexta-feira: DELHI

Dia livre para fazer as últimas compras, arrumar as malas e descansar, antes de iniciar o caminho de volta ao Brasil.

Em horário a combinar, teremos um encontro final para uma breve meditação, mais uma sessão de perguntas e respostas e um compartilhar de tudo que vivemos juntos.

 

14 janeiro, sábado: DELHI / MUNIQUE / SÃO PAULO

Partiremos de Delhi de madrugada e chegaremos em Munique no começo da manhã. Como o voo de volta ao Brazil sairá tarde de noite, teremos todo o dia para passear pelas ruas da famosa Munique.

Chegaremos em São Paulo na manhã do domingo 15 de janeiro.

Final de uma viagem rica em cultura, beleza, espiritualidade e com as malas cheias de experiências inesquecíveis!