Índia e Nepal via Doha

22 dias de experiências extraordinárias num mundo de exótica cultura, mágica beleza e profunda espiritualidade

 

Iremos da moderníssima Doha à milenar Kathmandu, sobrevoando os majestosos Himalayas. No Nepal, veremos as beleza dos templos e a extraordinária paciência dos monges pintando por meses delicadas mandalas. Faremos girar os moinhos de oração enquanto caminhamos com peregrinos do mundo todo em volta das sagradas estupas.

Na Índia, conheceremos a opulência dos palácios, o mistérios dos templos milenares, andaremos de elefante e de camelo, conheceremos a magia do deserto e a cores vibrantes dos povos do Rajastão.

Também contemplaremos extasiados - e fotografaremos de todos os ângulos! - a simetria incomparável do famoso Taj Mahal. Conheceremos a fabricação tradicional de tapetes, o artesanato em mármore, prata e ouro. Vestiremos as roupas locais e entraremos em templos hinduístas, muçulmanos, sikhs, budistas e jainistas. 

Em Delhi, visitaremos a chama eterna em memória de Mahatma Gandhi e conheceremos a pujança da nova Índia. Ainda iremos até Rishikesh, a “cidade dos sábios”, para conversar com monges e sadhus. Veremos as cerimônias tradicionais realizadas nos templos a cada amanhecer e a cada entardecer e sentaremos para contemplar as sagradas águas do Ganges, que descem borbulhentas, límpidas e geladas, do coração dos Himalayas.

 

Convide seus amigos:

 
 
 

19/01, segunda-feira: GUARULHOS / DOHA

Embarcaremos no aeroporto de Guarulhos com destino a Doha, onde pararemos por um dia. Diferente de tudo que veremos na Índia, essa parada nos permitirá conhecer a moderna capital do Qatar, enriquecendo ainda mais a nossa vivência.

 

20/01, terça-feira: DOHA

Nesse dia, além de fazermos um city tour, teremos tempo para descansar ou para conhecer um pouco mais a capital do Qatar.

doha01.jpg

O Qatar estabeleceu-se como uma das capitais culturais da região, hospedando grandes eventos internacionais. É também uma área onde aconteceram grandes marcos culturais, alguns que datam de milhares de anos, o que confere à região uma grande riqueza histórica e cultural. Além disso, o Qatar reúne uma série de incríveis museus, que abrigam algumas das melhores coleções de arte do mundo.

A maior parte das atrações está à beira-mar. Próximo a Corniche, um calçadão ao longo da orla da baía de Doha - onde vale a pena uma caminhada - está o famoso Souq Waqif, um mercado de mais de 100 anos que foi recentemente restaurado à sua forma original. Famoso pela venda de roupas tradicionais, especiarias, artesanato e souvenirs, o mercado também oferece restaurantes, salões de shisha (cachimbo de água), galerias de arte e espaço para eventos e concertos.

O Katara Cultural Village, que fica próximo à famosa ilha artificial The Pearl, é o principal ponto de encontro para artes e cultura, uma vez que reúne galerias de arte, anfiteatro para apresentações de ópera, peças teatrais e concertos, restaurantes, praia e área para prática de atividades aquáticas.

Um dos museus que vale a visita é o Museu de Arte Moderna Árabe, inaugurado em 2010, que reune exposições regulares de arte contemporânea e uma coleção permanente de pinturas, esculturas e trabalhos em papel de artistas de todos os países árabes. Fica mais afastado da orla, mas tem a vantagem de ter entrada gratuita.

À noite, nos encontraremos para uma breve reunião de integração do grupo, que será conduzida pelo professor Andrês.

 

21/01, quarta-feira: DOHA / KATHMANDU

Deixando para trás a capital cultural do Qatar, voaremos rumo a Kathmandu, a capital do Nepal. 

Kathmandu01.jpg

Ao chegar, iremos para o hotel para descansar e nos adaptar ao fuso horário. No dia seguinte, iniciaremos a descoberta de Kathmandu.

A cidade encontra-se num vale repleto de locais históricos, de templos e santuários antigos, bem como de vilarejos fascinantes. Ela está bordeada, ao norte, pelos Himalayas.

Um passeio opcional é pegar um voo turístico que chega próximo ao monte Everest. Os passageiros voam sobre os majestosos Himalayas e observam de perto os cumes nevados. Ao chegar diante no Everest, são convidados a irem até a cabine do avião para tirar fotos do pico mais alto do mundo.

 

22, 23 e 24/01: quinta, sexta e sábado: KATHMANDU

Além de Kathmandu, nesses três dias, visitaremos também as cidades vizinhas de Patan e Bhaktapur. Há muito a ser visto!

Kathmandu02.jpg

Em Kathmandu, caminharemos por Dubar Square, um conjunto diversas praças, todas ligadas por ruelas e becos, localizadas no coração da cidade velha, onde, em tempos antigos, se situava o Palácio Real. Pararemos para apreciar o Hanuman Dhoka, os templos Mahadev e Paravati e o templo House of Kumari, local onde mora uma menina considerada uma deusa viva.

Visitaremos Swayambhunath – ou Templo dos Macacos – um templo budista de 2500 anos, localizado no alto de uma colina, de onde poderemos ter uma imponente vista panorâmica de grande parte do vale. Também visitaremos Bodinath, o santuário budista mais venerado de todo o Nepal, cuja estupa é uma das maiores de todo o mundo.

Ainda em Kathmandu, conheceremos Pashupatinah, um templo hinduísta dedicado ao deus Shiva, que foi tombado pela UNESCO como patrimônio da humanidade e um dos maiores centros de peregrinação hinduísta do Nepal. Nesse templo poderemos observar a tradicional cerimônia de cremação, feita às margens do rio Bagmati.

Visitaremos Patan, a antiga cidade mística dos mil tetos de ouro e hoje renomada por seu artesanato. Tem um terço do tamanho de Kathmandu e é delimitada por quatro “stupas”, construídas pelo imperador indiano Ashok, convertido ao budismo. Estupas são monumentos budistas religiosos que podem conter relíquias de buda ou de outros monges famosos e que é usada pelos devotos como lugar de meditação.

Bhaktapur ou Bhadgaon é uma cidade do século IX formada por ruelas e praças pitorescas, que também foi considerada pela UNESCO um patrimônio da humanidade. A cidade também tem uma praça, Durbar Square, que é uma das mais charmosas vitrines arquitetônicas do vale.

Kathmandu05.jpg

Caminhar pelas ruas de Patan e Bhaktapur, salpicadas de maravilhas arquitetônicas, é uma experiência inesquecível, uma viagem no tempo. Soma-se a isso as maravilhosas peças de arte em metal e madeira, as delicadíssimas pinturas dos monges que, com paciência infinita, pintam mandalas extraordinárias e a presença colorida dos peregrinos e devotos sempre acompanhados dos seus rosários e de seus “moinhos de oração”.

 

25/01, domingo: KATHMANDU / DELHI / UDAIPUR

Dia de viajarmos para as terras sagradas da Índia!

Logo pela manhã, seguiremos para o aeroporto local para embarque com destino a Udaipur, onde, após nos acomodarmos, teremos outro encontro para conversar sobre as experiências da viagem e  ter uma aula sobre mitologia indiana com o professor Andrês.

 

26 e 27/01, segunda e terça-feira: UDAIPUR

Descansados e refeitos, iniciaremos nosso passeio.

Um das grandes atrações de Udaipur é o City Palace, construído em 1725, o maior complexo de palácios do Rajastão e uma das belezas arquitetônicas da região. Além dele, conheceremos o Durbar Hall, a Galeria de Cristal, o Museu do Palácio, os jardins e fontes de Sahelion Ki Bari e templo Jagdish, dedicado ao deus Vishnu, o mantenedor do universo.

De Udaipur, sairemos para um passeio pelas cidades vizinhas de Eklingji e Nagda, onde entraremos em contato com a religiosidade e mitologia indiana, exóticas e profundas.

O templo Eklingji, dedicado ao deus Shiva, o transformador do universo, é um dos mais famosos de todo o Rajastão.

Já em Nagda, uma pequena cidade que fica à beira do lago Bagela, conheceremos o templo Sas-Bahu, palavra reduzida de SahastraBahu, que significa “um com mil braços”, uma das formas do deus Vishnu.

 

28/01, quarta-feira: UDAIPUR / JODHPUR

Logo cedo, partiremos com destino a Jodhpur, a Cidade Azul, parando no caminho em Ranakpur para conhecer os maravilhosos templos jainistas. O jainismo é uma das religiões praticadas na Índia que tem o princípio da não violência na sua base.

O conjunto de 3 templos de Ranakpur, todos feitos em mármore branco, é um dos cinco principais pontos de peregrinação jainista de toda a Índia. As esculturas de cada templo, com seus 108 pilares,  encantam pela maravilha dos seus diminutos detalhes.

 

29/01, quinta-feira: JODHPUR

Pela manhã, visitaremos o forte Mehrangarh, que ocupa uma área de 5 km quadrados, e é uma das construções mais impressionantes de todo o Rajastão.

Visitaremos também o Jaswant Thada, um monumento em mármore branco construído em memória ao marajá Jaswant Singh, e o palácio Umaid Bhawan, um belo exemplo de art déco, que desde 1943 tem servido como a principal residência da família real de Jodhpur.

O mercado da Torre do Relógio é um ponto da cidade que poderá ser visitado à noite.

 

 

30/01: sexta-feira JODHPUR / PUSHKAR

Depois do nosso café da manhã, seguiremos viagem com destino a Pushkar, uma das cidades mais antigas da Índia e um dos 5 lugares sagrados de todo o país para os devotos hindus, abrigando mais de 400 templos.

A data de sua fundação real não é conhecida, mas a lenda diz que ela nasceu junto com deus Brahma, o criador do universo.

No caminho até Pushkar, pararemos para visitar Ajmer Sharif, uma cidade situada na colina Taragarh que abriga a Mesquita Akbari, visitada diariamente por multidões de peregrinos muçulmanos.

Ao chegarmos a Pushkar, após nossa acomodação no hotel, teremos uma sessão de perguntas e respostas dirigida pelo professor Andrês com o objetivo de propiciar uma experiência cultural e espiritual mais rica para todos os participantes.

 

31/01, sábado: PUSHKAR - JAIPUR

Depois do café da manhã, visitaremos o lago sagrado Pushkar. A cidade tornou-se um local de peregrinação hindu essencialmente por causa deste lago. Diz a lenda que este lago surgiu quando uma flor de lótus caiu da mão do deus Brahma e um lago surgiu naquele lugar.

Antes de seguirmos viagem para Jaipur, visitaremos o único templo do mundo dedicado ao deus Brahma, o criador do universo.

Chegamos a Jaipur no final da tarde. Após fazermos o check-in no hotel, seguiremos para o belo templo Birla, feito em mármore branco, onde participaremos do Aarti (cerimônia tradicional hindu).

 

01/02, domingo: JAIPUR

Dia de levantar cedinho para visitarmos a capital do estado do Rajastão, conhecida por Cidade Rosa. Forte Amber, Palácio dos Ventos e Jantar Mahal são imperdíveis.

Começaremos pelo forte Amber, um palácio clássico e romântico do Rajastão, onde elefantes nos conduzirão até a entrada principal. Situado no topo de uma colina, suas enormes muralhas, muito desgastadas pelo tempo, abrigam um verdadeiro paraíso no seu interior.

Miniaturas pintadas nas paredes mostram cenas de caça e guerra, além de festivais. Pedras semipreciosas e espelhos são incrustrados em várias paredes e dão um efeito todo especial. No interior da fortaleza, visitaremos o Jag Mandir ou Hall da Vitória, onde está o famoso Sheesh Mahal – o salão dos espelhos.

No caminho do hotel até o forte Amber, poderemos contemplar o Hawa Mahal, o Palácio dos Ventos.

Depois do almoço, visitaremos o palácio da Cidade do Maharaja, a antiga residência real, hoje  convertida em um museu. Apenas uma pequena porção ainda é usada pela família real de Jaipur.

Ao lado desse palácio está o Jantar Mantar, o maior observatório de pedra e mármore no mundo, que possui 17 grandes instrumentos capazes de fazer medições estelares que frequentemente deixam seus visitantes atônitos.

 

02/02: segunda-feira JAIPUR – AGRA

De manhãzinha, deixaremos Jaipur com destino a Agra, cidade famosa por abrigar o Taj Mahal. No caminho, visitaremos a antiga e deserta cidade da dinastia mogol chamada Fatehpur Sikri, que foi construída em 1569 e abandonada após 15 anos devido à escassez de água. Toda construída em pedra, os diferentes prédios permanecem em excelentes condições de conservação.

Chegando ao hotel em Agra, após nos acomodarmos, teremos mais um bate-papo com o professor Andrês.

 

03/02, terça-feira: AGRA

Depois de uma boa noite de sono, sairemos para visitar o cartão postal mais famoso da Índia: o Taj Mahal. Considerada uma das maravilhas do mundo, o Taj Mahal é uma extraordinária obra de engenharia e arquitetura. Sua simetria perfeita, seu mármore de incrível qualidade e as artísticas incrustações de pedras semipreciosas lhe deram o merecido título de uma das 7 maravilhas do mundo.

Desde sua construção, sua beleza atrai visitantes do mundo todo. O monumento foi construído pelo emperador mogol  Shah Jahan, em 1630, para sua rainha Mumtaz Mahal, para entronar seus restos mortais.

Visitaremos também o Agra Fort, uma belíssima e gigantesca fortaleza construída em arenito vermelho, onde o imperador Shah Jahan viveu os últimos dias de sua vida.

 

04/02, quarta-feira: AGRA – DELHI

Depois de conhecer a cidade mais famosa da Índia, conheceremos a capital do país.

Nosso tour começará pela Nova Delhi, a parte mais bela o organizada da cidade. Passaremos pela região onde estão localizados o India Gate (memorial aos soldados indianos que morreram na 1ª Guerra Mundial), a residência do Presidente, o Parlamento e os edifícios das secretarias de governo. Pararemos para visitar Qutub Minar, um complexo de ruínas que data do século XII, a tumba de Humayun, que tem estrutura similar ao Taj Mahal, e o templo hinduísta Lakshmi Narayan, onde veremos a representação de vários deuses do panteão hindu.

 

05/02, quinta-feira: DELHI / RISHIKESH

Pela manhã, antes de seguirmos em direção à cidade sagrada de Rishikesh, passearemos pela Antiga Delhi, onde está situado Forte Vermelho e a maior mesquita da Índia, chamada Jama Masjid, ambos construídos pelo imperador Shah Jahan, o mesmo que concebeu o Taj Mahal. Também prestaremos nossa homenagem a Mahatma Gandhi no Raj Ghat, local de sua cremação.

A continuação, seguiremos para a estação ferroviária para pegarmos o Shatabi Express, rumo a  Rishikesh, nosso destino final. Mesmo viajando em primeira classe, num confortável vagão com assentos numerados e ar condicionado, a experiência de chegar na estação, esperar e abordar o trem nos permitirá participar de uma das vivências mais típicas e pitorescas da Índia.

 

06 e 7/02, sexta e sábado: RISHIKESH

Acordaremos às margens do sagrado rio Ganges onde, antes do café da manhã, teremos uma meditação guiada pelo professor Andrês.

Nos dias que estivermos em Rishikesh, caminharemos pela região de Ram Jhula e Laxman Jhula, dois pontos da cidade onde poderemos observar o dia a dia e os detalhes da vida cultural e religiosa da cidade.

Rishikesh é uma cidade sagrada que fica na entrada dos Himalaias, em uma região localmente conhecida como Shivalik. Por estar localizada às margens do rio Ganges, muitas oferendas dedicadas aos vários deuses do panteão hindu acontecem diariamente, seja logo cedinho, antes do sol nascer, como ao cair da tarde.

Nós assistiremos a uma delas, no final da tarde, chamada aarti, dedicada à deusa Ganga, que é realizada diariamente por um grupo de crianças e jovens que vivem em um dos ashrams na beira do rio.

Uma grande experiência será a visita ao ashram do Swami Dayananda Saraswati, onde participaremos de mais uma meditação guiada pelo professor Andrês e de uma aula com o swami (monge) responsável pelo local.

Por estar à beira do rio mais sagrado da Índia, algumas prainhas especialmente interessantes estão disponíveis para simplesmente sentar e contemplar!

 

08/02, domingo: RISHIKESH / DELHI

Dia de voltar para Delhi, pegando o mesmo trem que nos levou até Haridwar.

Em Delhi, teremos o dia livre para passear, fazer as últimas compras, curtir um pouco mais a cidade e preparar as malas para a volta ao Brasil.

 

09/02, segunda-feira: DELHI / DOHA / GUARULHOS

Chegaremos em Guarulhos com as malas cheias de experiências inesquecíveis! 

Final de uma exótica viagem, rica em cultura, beleza e espiritualidade. 



A PARTE TERRESTRE:

Atenção: no valor da parte terrestre já está incluido o voo Kathmandu - Delhi - Udaipur

Os hotéis:

EM KATHMANDU: Soaltee Crowne Plaza – *****

Site: http://www.ihg.com/crowneplaza/hotels/us/en/kathmandu/ktmnp/hoteldetail/photos-tours

EM UDAIPUR: Sheraton Palace & Resort (Radisson Blu Udaipur Palace Resort & Spa) – 4* Superior

Site: http://sheraton.hotelsgroup.in/sheraton-udaipur-palace-resort-spa.html

EM JODHPUR: Taj Gateway – **** Superior

Site: http://www.thegatewayhotels.com/jodhpur/overview.aspx

EM PUSHKAR: Jagat Palace / Pushkar Palace – ***

Site: http://www.hotelpushkarpalace.com/jsp.htm

EM JAIPUR: Four Point by Sheraton – ****

Site: http://www.starwoodhotels.com/fourpoints/property/overview/index.html?propertyID=3499&EM=DWR_FP_FOURPOINTSJAIPURCITYSQUARE.COM_3499&language=en_US

EM AGRA: Jaypee Palace – **** Superior

Site: http://www.jaypeehotels.com/jaypee_palace/index.aspx

EM DELHI: Le Meridien – *****

Site: http://www.starwoodhotels.com/lemeridien/property/overview/index.html?propertyID=1831&language=en_US

EM RISHIKESH: Site: Ganga Kinare – *** Superior

Site: http://www.gangakinare.com/

 

A parte terrestre também inclui:

  • Assistência na chegada e na partida por um representante da Alamo Turismo
  • Traslado aeroporto/hotel/aeroporto fora do Brasil
  • Acomodação nos hotéis, com café da manhã
  • Visitas e entradas em monumentos programadas no roteiro
  • Assistência de guia local em todos os passeios

 

Não estão incluídos na parte terrestre:

  • Taxas de embarque nacionais e internacionais 
  • Refeições não mencionadas 
  • Entradas em monumentos/atrações que não estejam no roteiro 
  • Excesso de bagagem 
  • Extras de caráter pessoal (telefonemas, bebidas, lavanderia) 
  • Gorjetas para carregadores nos aeroportos, hotéis e para guias durante os passeios 
  • Despesas com documentações e vistos 
  • Qualquer item não mencionado como incluído

 

Valor da parte terrestre:

Com 16 a 24 participantes: U$ 4.210 em 6 pagamentos de U$ 701,67

Com 25 a 32 participantes: U$ 3.911 em 6 pagamentos de U$ 651,80

FORMA DE PAGAMENTO DA PARTE TERRESTRE:

- Parcelado em até 6 vezes sem juros

                     - Consulte-nos sobre financiamento em até 12 vezes 

- Pagamentos em moeda nacional convertida ao câmbio turismo vigente no dia do pagamento

- O pagamento da parte terrestre não poderá ser feito no cartão de crédito


A PARTE AÉREA

Os quatro voos serão pela QATAR AIRLINES:

  1. São Paulo - Doha
  2. Doha - Kathmandu 
  3. Delhi - Doha
  4. Doha - São Paulo

Tarifa por pessoaU$ 2.431 + taxas (aproximadamente U$ 90) 

Condições de pagamento: entrada U$ 531 + 05 parcelas de U$ 380 sem juros nos cartões Visa, Amex, Diners e Master emitidos no Brasil

Forma de pagamentoà vista em dinheiro, cheque, cartão, depósito bancário ou em 5 vezes sem juros no cartão de crédito 


ENTRE EM CONTATO

Para tirar dúvidas sobre a viagem e o roteiro: 

Telefone diretamente para o Prof. Andrês, diretor do Instituto Ísvara, no telefone: (19) 99223-2773

 

Viagem a Indochina (Sudeste Asiático) - Laos Camboja Tailândia Vietnã

Rua Sampaio peixoto, 29 - Cambuí - Campinas

Telefone: (19) 3203-1918

E-mail: isvara@isvara.com.br

Facebook: www.facebook.com/Turismo.e.Espiritualidade

 

Para saber mais sobre voos, formas de pagamento e prazos:

Telefone para a Álamo Turismo, no (19) 3795-3000 e fale com as consultoras Sandra ou Natalia

Viagem a Indochina (Sudeste Asiático) - Laos Camboja Tailandia Vietnam.png

Rua Coronel Quirino, 471 - Cambuí - Campinas

Site:  www.alamoturismo.com.br

Email:  alamoturismo@alamoturismo.com.br

Facebook:  www.facebook.com/AlamoTurismo